• Carlos Guglielmeli

Parabéns Bolsonaro! Sob seu comando o Brasil perde de goleada para Argentina, Chile, México, EUA ...

Na verdade, com a lentidão intelectual de Bolsonaro, o Brasil perdeu para quase todo o planeta, se não para todo mesmo

Manifestantes protestam contra a demora da vacinação contra a Covid-19 no Brasil / Foto: AP Photo - Eraldo Peres

Com mais de 190 mil mortes e um discurso pró economia, está o plano de vacinação nacional do presidente Jair Bolsonaro? Ninguém sabe, ninguém viu nada além daquelas 193 páginas improvisadas pelo Ministério da Saúde, entregues ao STF (Supremo Tribunal Federal).


Diante da pandemia do novo coronavírus, o que mais poderia dar tranquilidade para a nação voltar à uma rotina, no mínimo, bem próxima do normal do que a imunização contra a doença? Se a preocupação era manutenção do emprego, da economia, e não a política, como é que existe uma mente tão lenta, incapaz de priorizar a vacinação em massa como o resto do planeta fez?


Aqui pertinho, "los ermanos" argentinos já começaram a vacinar sua população ontem, o Chile começa amanhã e o México hoje. Mais para cima, os amigões do letárgico Bolsonaro, os norte-americanos, já estão recebendo a vacina a duas semanas.


Na Rússia, em Israel, na Europa inteira, em países africanos, na Ásia, em todo lugar os governos estão iniciando a vacinação de seus povos. O Canadá, por exemplo, comprou imunizante para 9 vezes a sua população total. Já no Brasil (#*@!&"->;@%$#).


Bolsonaro, debilmente, parece que vive em disputa eleitoral conta alguém ou alguns e não entendeu que é presidente. Primeiro ele se opôs às recomendações isolamento social da OMS (Organização Mundial da Saúde) para neutralizar o protagonismo dos governadores e agora negligencia a imunização contra a Covid-19, porque o governador de São Paulo, João Dória (PSDB) saiu muito na sua frente.


Enquanto isso brasileiros vão morrendo.


O duro é ver dementes batendo palmas, vibrando e achando bonito tudo isso. Por outro lado, o bom é perceber que cada dia tem menos débeis mentais no Brasil.

Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon