• Carlos Guglielmeli

Pábio Mossoró xinga, zomba adversária e dá o tom para apoiadores fazerem uma campanha feia



Vazou nas redes sociais um áudio do candidato à reeleição à prefeitura de Valparaíso, Pábio Mossoró (MDB), em que, conversando com populares, ele chama reiteradamente a adversária Lêda Borges (PSDB) "bruxa" e no fim zomba dos políticos com quem tentou fazer aliança, mas que preferiram a peessedebista.


Agora essa é a primeira demonstração de, no mínimo, de falta de 'fair play' de Mossoró, pois no domingo (25) prefeito passou pela adversária, que estava visitando comerciantes do bairro Céu Azul e começou a gritar num trio elétrico agressividades como: "Vai sofre, vai sofrer", ao passo que a rival acenava educadamente para os que o seguam.


Provavelmente esse comportamento agressivo, de tom arrogante tenha dado a linha dessa que parece ser a campanha mais "feia" que Valparaíso já tenha visto em toda a sua história, ou vá presenciar no futuro, recheada de Fake News e práticas antidemocráticas.


Em grupos de mensagens, meia dúzia de militantes 'pabistas' monitoram e impedem a discussão de assuntos que consideram desagradáveis à sua campanha.


Fake News com descontextualização de decisões judiciais, montagens, falsificação de reportagens, entre outros, são compartilhados exaustivamente nas redes sociais, dando a entender que essa é a principal estrategia da eleitoral de Pábio Mossoró.


Para reforçar essa campanha "do mal", o prefeito candidato conta, sabe-se lá por qual motivação, com o apoio de Sites de fora da cidade, que ignoram os assuntos sensíveis aos valparaisenses, e pautam a cidade em bloco com bajulações e ataques aos seus concorrentes.


Recentemente Pábio Mossoró vem recebendo algumas críticas da imprensa, que por sua vez a maioria não pode ser comparada com o que faz sua militância, pois são conteúdos recentes e sustentados por elementos robustos.


Uma pena para o processo democrático e para as pessoas esse "direcionamento a lá Mossoró", de agressões e manipulações, para não dizer mentiras.


Ouça o áudio onde aos 13 segundos e aos 2:42 minutos o prefeito xinga a adversária e no final debocha dos políticos que ele quis ao seu lado mas não conseguiu:



Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon