• Carlos Guglielmeli

Alerta: Nem toda renovação ou mudança é boa. O petismo, por exemplo, também já foi novidade


Irado com a decepção, a corrupção do PT e outros, o eleitor brasileiro entrou na histeria de que tem que mudar tudo e mudar a qualquer custo, para qualquer coisa, desde que seja desconhecido.

Quase o mesmo que “brincar de Roleta Russa”, tirando uma bala e deixando quatro no tambor do revolver para depois atirar na cabeça. Loucura.

Vários exemplos podem ser dados de que “a emenda é pior do que o soneto”. Em Minas Gerais, por exemplo, o empresário Romeu Zema (NOVO) foi eleito governador com o discurso de nova política, de que faria tudo diferente e melhor, mas não é o que está acontecendo.

Dos 4.788 cargos comissionados (80%) que Zema prometeu cortar, sua reforma administrativa eliminou apenas 524 (8,7%), as nomeações políticas, que segundo ele não existiriam mais, foram admitidas publicamente por seu Secretário de Governo, Custódio Matos, que por sua vez é indicação do rival durante as eleições, Antônio Anastasia (PSDB).

Sem algo mais, Zema e seus seguidores apostam no discurso populista para a população via internet, enquanto não avançam em temas considerados importantes. Sua inexperiência o impede de consolidar uma base na Assembleia Legislativa que por sua vez prejudica a aprovação de projetos indispensáveis para Minas Gerais.

Recentemente, durante uma entrevista concedida à CBN, Romeu Zema admitiu que “não sabia como funcionava o estado” para justificar a quebra da sua promessa de não pagar salários nem jetons à seu secretariado

Renovar na política não pode ser eleger inexperientes, mas sim pessoas com novos pontos de vista críveis, podendo até ser experientes, mas inovadores sob o ponto de vista do que querem implementar.

Além disso a renovação não deve ser uma regra histérica, as pessoas precisam aprender a pensar com calma e ver o que cada um fez ou não dentro daquilo que podia ou não fazer, para aproveitar aqueles que se esforçaram, que talvez não tenham feito tudo o que se esperava dele ou dela, mas que tenha executado o máximo do que era possível.

Há sim muitos políticos bons no Brasil, não é necessário por um arma na cabeça com quatro chances de se matar e apenas uma de se salvar. Dos 531 deputados federais, 81 Senadores, 56.810 vereadores, 11.136 prefeitos e vice prefeitos, além, é lógico, do presidente e vice presidente, mais de 95% está fora dos noticiários policiais.

Cuidado com os populistas e os inexperientes.

#Nemtodarenovaçãooumudançaéboa #Novapolítica #RomeuZema #RomeuZemaNOVO #NOVO30 #discursopopulistaparaapopulaçãoviainternet #Populismo #OpiniãodoBlogdoCarlos #BlogdoCarlos #SitedenotíciasemValparaíso #Notícia #NotíciasdeValparaíso #NotíciasdoValparaíso #NotíciasdoVal #EntornodoDistritoFederal #EntornoSul #ReageEntorno #PopulaçãoAtiva #AlôValparaíso #OpiniãodoJornalOpçãodoEntorno #OpiniãodoJornalOpçãodoentorno #ValparaísoBemInformado #noticiasdeValparaíso #SitedeValparaíso #Valparaíso #ValparaísodeGoiás #BogdoCarlos #BlogdoCarloscom

Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon
https://www.jornalopcaodoentorno.com