• Carlos Guglielmeli / Imagens: Reprodução

Enquanto Caiado demoniza a política de incentivo fiscal, Ibaneis padroniza redução de 40% do ICMS, e


Uma atitude do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), deixou bem clara a diferença entre gestões públicas que reagem às crises andando para frente ou marcando passo, as vezes até andando para trás.

Nesta segunda-feira (1) o governador do Distrito Federal decidiu cortar a cobrança do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) de 5% para 3%.

Ibaneis avalia, corretamente sob o ponto de vista do que se tem alcançado no mercado nestas últimas décadas, que a redução de 40% na arrecadação que ele já tem, será superada pelos novos negócios que o Distrito Federal vai atrair.

A política de incentivo fiscal é um instrumento arrojado para gestores igualmente arrojados, que a utilizam para atrair investimento, emprego e consequentemente desenvolvimento. É coisa de gestores, o que nem o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), nem a sua equipe parecem ser.

Não passam nem perto disso, observando o que fizeram até aqui.

O PIB (Produto Interno Bruto) de Goiás, apurado no segundo trimestre de 2017, por exemplo, foi campeão brasileiro, crescendo quase 4 vezes a mais que a média nacional. E essa linha ascendente está registrada dessa forma positiva desde o final dos anos 1990.

Nos últimos 20 anos o Produto Interno Bruto Goiano saltou de R$ 17 bilhões para R$ 200 bilhões ao ano.

Para se livrar da sombra de Marconi Perillo, e por não ser preparado para gestar um estado, Caiado está jogando todo essa vocação adquirida por Goiás na lata do lixo e mergulhando a economia estadual em uma espiral negativa.

A Unilever já foi embora do estado, levando seus mais de 1.100 empregos diretos, empresas da indústria automobilística já cancelaram investimentos programados no estado e executivos dos setores produtivo e de serviços estão catatônicos, procurando alternativas fora de Goiás. Olha o Distrito Federal ai ó!

Está comprovado que Caiado não é gestor e o pior, não sabe formar equipe e é teimoso, vai morrer afogado e afogar o estado com essas peças ruins que ele arrumou no início do mandato.

Sem querer ser apocalíptico, não há esperanças. O lance agora é torcer para que esses próximos 3 anos e 10 meses passem rápido, rapidinho.

#IbaneisRoca #RonaldoCaiado #Ibaneis #Caiado #GovernodeGoiás #GovernodoDistritoFederal #GovernoCaiado #GovernoIbaneis #IbaneiscortaoISMS #CaiadodemonizaaspolíticasdeincentivoFiscal #NotíciasdeValparaíso #SitedenotíciasemValparaíso #NotíciasdoValparaíso #JornalOpçãodoEntorno #OpiniãodoJornalOpçãodoEntorno #BlogdoCarlos

Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon