• Carlos Guglielmeli / Imagens: Reprodução

Apoiadores de Lula cometem crime previsto no Artigo 163 ao escrever ou carimbar cédulas de dinheiro


De tanto conviver com as teorias que, segundo os apoiadores de Lula, justificam seus crimes e de seus comparsas, as pessoas “lunatizadas pelo Fake do Lulopetismos” estão perdendo o pudor de se preocupar com a diferença entre certo ou errado, moral ou amoral e legal ou ilegal.

Em mais um ato absurdo, os Lulistas agora estão carimbando notas de dinheiro com a cara do ex-presidente, reivindicando sua soltura.

Um vídeo que circula na internet mostra uma banca, aparentemente do movimento Lula Livre, montada para carimbar as cédulas de Real desses “Lunatizados”.

O juiz Geceir Coelho de Alcântara explica que “as cédulas de dinheiro são propriedade da União, se alguém as rasura ou as danifica, ele está cometendo um crime contra o patrimônio público”.

A União gasta cerca de R$ 377 Milhões por ano para repor essas notas danificadas, valor esse que sai do bolso de todos os brasileiros contribuintes.

O crime de Dano Qualificado previsto no Artigo 163, parágrafo único, inciso III do código penal prevê pena de reclusão de 1 a 3 meses e caso o dano seja considerável, o criminoso pode ser enquadrado no inciso IV, elevando a variação da pena para de 6 meses a 3 anos de prisão.

Com os cérebros derretidos por tanto Fake News, está ficando cada dia mais difícil vislumbrar até onde vai o ridículo dessas pessoas.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon