• Carlos Guglielmeli

Lucimar é condenada pela justiça, mas quem vai “pagar o pato” vai ser o prefeito Pábio Mossoró


No dia 10 de outubro o Juiz Rodrigo Rodrigues Prudente da 2ª vara civil condenou a, então prefeita, Lucimar a chamar e nomear os aprovados no concurso público de 2014, sob pena de corte de energia da prefeitura, da suspensão de sua CNH e do confisco de seu passaporte em caso de nova desobediência.

Dois anos depois do ocorrido, logo após o grupo político da prefeita der “perdido feio” as eleições, ao final do mandato petista, quando ela não mais pode pagar a conta de seus erros de gestão e falta de planejamento a prefeitura é condenada.

Com uso da condenação tardia, há sinais de que a prefeita esteja se valendo da decisão judicial para inviabilizar a gestão do prefeito eleito Pábio Mossoró, pois está cumprindo-a de maneira muito divergente de como ela mesmo conduziu seu mandato.

Se o atual governo foi o sucesso que dizem, então porque estão mais que dobrando os dentistas da cidade, agora com salários mais dignos? Das duas uma, ou foi uma gestão ruim nessa área, ao ponto de precisar dobrar os serviços que ofereceu durante quatro anos, ou está usando de má fé inflando a folha de pagamento já que quem vai pagar a conta é o próximo prefeito.

Os concursados não têm culpa alguma do problema, pelo contrário, são vítimas da incompetência e possível má fé da gestão Lucimar / PT. A falta de planejamento com estudos de impacto financeiro das nomeações previstas no edital foi uma irresponsabilidade do atual governo, que será corrigido pelo novo prefeito, conforme seu compromisso eleitoral feito com os aprovados.

O fato é que as consequências da incompetências da atual gestão, como o “estouro” na folha de pagamento e o dissídio dos servidores, não pago este ano, vão ficar para o próximo governo resolver.

Pábio Mossoró terá que enfrentar uma adversidade maior do que a normal, nada impossível para a capacidade anunciada em campanha, mas o desastre petista de Lucimar precisa ficar registrado.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon