• Carlos Guglielmeli

Renan Calheiros é afastado da presidência do Senado e sucessor petista pode dificultar medidas de co


Depois que foi confirmado como réu no STF, a queda de Renan Calheiros como presidente do Senado Federal passou a ser apenas uma questão de tempo já que em outra discussão da Suprema Corte, ainda não finalizada, a maioria absoluta dos ministros já se manifestaram pela ilegalidade da permanência de um alvo de processo permaneça na linha sucessória do presidente da república.

A destituição de Calheiros se deu por meio de liminar concedida pelo Ministro Marco Aurélio Mello que acatou o pedido do partido Rede Sustentabilidade e ainda está sujeito a analise dos plenário com os 11 ministros.

Jorge Viana do PT é o sucessor natural de Renan, já que ocupa a primeira vice-presidência do Senado.

O momento de instabilidade política nacional é tão grave em meio a profunda crise que até o sucessor oposicionista de Renan adotou o silêncio e a ponderação, porém membros do PT já falam em barrar a votação da PEC que limita o crescimento dos gastos públicos.

Mais uma vez os escândalos políticos passam a frente das medidas necessárias para a recuperação do Brasil, funcionando como um balde de água fria jogado no ânimo dos investidores, da indústria, do comercio e dos trabalhadores.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon