• Carlos Guglielmeli

Porque há tantos boatos sobre a composição do governo de Pábio Mossoró?


Um fato é que o Prefeito Eleito tem uma grande equipe com vários nomes possíveis para as várias função. Como disse outro blogueiro, essa pode ser a primeira crise que Mossoró tenha de enfrentar, uma "deliciosa" crise diga-se de passagem. O outro é que Pábio é pessoa de poucas palavras, por isso terceiros estão gerando ruídos em seu lugar.

Pábio Mossoró tem de um lado aliados de primeira hora e de outro os de última hora e mais a busca pela governabilidade em uma câmara onde não alcançou a maioria teórica.

Tudo deve se definir conforme as prioridades do prefeito para o presente e para o futuro, porém seu silêncio e sua discrição estão permitindo de alguma forma que terceiros emitam ruídos a respeito desse assunto que podem desestabilizar seu grupo de apoio.

Na educação já foram cogitados três titulares, para um aliado dos 45 minutos do segundo tempo já foram dadas duas pastas, para um vereador de fora já empenharam uma secretaria e assim vão os tantos boatos que acabam provocando um tipo de incomodo, principalmente naqueles que só conseguem ver tudo de fora.

Essa parte do assunto acima é para a classe política, a quem cabe ajudar a fazer o mandato do Pábio dar certo ou não e a dar continuidade aos projetos do grupo liderado por Leda Borges nas eleições futuras. A sabedoria do prefeito já emite reflexos para o futuro.

Para a sociedade pouco importam os boatos sobre quem será o que já que, sem notícias oficiais, ela entendem haver um hiato na busca pela cidade melhor. O que não é verdade, mas é o que dá a entender aos leigos.

O importante para a população é que de tudo isso a vida dala melhore com mais segurança, infraestrutura, educação, saúde, transporte e lazer como foi prometido e que está muito distante do que ela vivencia na atual gestão.

O motivo pelo qual muitos estão falando tanto é porque não existem indícios oficiais. Certo mesmo é que boatos são boatos e eles vão prevalecer como ruídos agudos enquanto as tantas notícias não passarem ter fatos como base.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon