• Carlos Guglielmeli

Qual é a mudança Certa para nossa cidade, ou melhor, quem representa mudança verdadeira nessa eleiçã


Com quatro candidatos a prefeito a disputa ficou mesmo entre os concorrentes Pábio Mossoró 45 e o Afrânio, portanto é importante saber o que cada um representa para escolher a mudança certa e verdadeira.

Depois de uma gestão desastrosa da prefeita Lucimar o PT não conseguiu nenhum de seus militantes com coragem de dar a cara a tapa lhe defendendo. A tarefa ficou para o forasteiro do partido Roberto Martins que não tem nem a unanimidade da militância PTista.

O Iraquitan passou quatro anos para construir sua candidatura, mas não consegue nem mesmo pontuar. Não é má pessoa, mas não teve a capacidade de construir sua própria candidatura, quem dirá de administrar uma cidade.

Na disputa dos que estão disputando de verdade, Pábio Mossoró 45 hoje figura como o centro das atenções do povo e Afrânio é o corredor que perdeu fôlego.

Para escolher entre esses dois candidatos é importante analisar o que cada um representa:

1) A mudança que Pábio Mossoró representa é a retomada do desenvolvimento da cidade vivida em tempos da saudosa prefeita Leda Borges, quando a cidade construiu o Hospital, a UPA, as tantas Unidades de saúde, reformou as escolas, asfaltou bairros, fez a maior recuperação asfáltica já vista no entorno, iluminou a cidade, modernizou o trânsito, manteve a cidade limpa com médicos e medicamentos e etc.

Para isso Pábio conta com o apoio da própria Deputada Leda Borges, do Governador Marconi, do Secretário de Segurança Pública José Éliton, do Federal Célio Silveira do Senador Wilder da Senadora Lúcia Vânia, do Ministro das Cidades Bruno Araújo, do Deputado goiano Cláudio Meirelles e tantos outros.

2) Afrânio vem para a disputa com o apoio dos figurões do desastroso governo Lucimar/PT. Sua candidata a vice-prefeita Ângela Pessoa passou os últimos anos ajudando o atual governo a destruir a cidade, segundo o que dizem, em troco de cargos e alugueis. Filha do ex-prefeito conhecido como Zé do Imposto, era o grande trunfo do Pica-Pau para tentar conter sua queda de popularidade. Ao que tudo indica, não deu certo.

Os grandes apoios do Pica-Pau são o Zeca que foi o grande cão de guarda da Lucimar/PT, o Elvis é o controverso presidente da Câmara Municipal que fez aquela troca do lote caro com o barato e mesmo assim propondo pagar uma volta milionária ao empresário recentemente preso, tem também o Emanuel Aires que foi secretário da Lucimar, tem o Zé Antônio que mantém sua esposa secretária da Lucimar e tantos outros.

Então tirando os dois que têm chances de chegar, a escolha está entre os modelos desenvolvimentista de Leda Borges incorporado por Pábio Mossoró 45 ou pelo desastroso governo da Lucimar/PT incorporado por Afrânio Pimentel.

Agora é só escolher e dar o rumo que o povo preferir para a cidade.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon