• Carlos Guglielmeli

Valparaíso tem “a faca e o queijo” nas mãos para voltar a brilhar como “A Pérola do Entorno” que foi


Escolher certo nas eleições de outubro próximo é a principal receita para viabilizar essa retomada da vocação progressista valparaisense.

As opções são várias, mas a maioria delas apresentam soluções e promessas mirabolantes para nossos problemas, muito parecidas com aquelas de 2012 que tiraram o Valparaíso dos trilhos do desenvolvimento. Hoje esse erro do passado recente nos dá condições de comparar e discernir o que é bom, bom mesmo, e o que é ruim disfarçado de bom.

Com uma personalidade forte e de índole reconhecidamente boa, a pré-campanha para prefeito de Pábio Mossoró está se destacando, pois conquista a preferência municipal na mesma medida em que se apresenta à sociedade.

Mossoró além das suas qualidades pessoais, está aparecendo mais viável por ter um grupo forte e visivelmente qualificado para montar uma boa equipe de governo, sem contar que representa um modo operante, implícito no apoio importante da Deputada Leda Borges, experimentado, do qual a sociedade tem saudade e hoje sabe reconhecer como o melhor para Valparaíso.

Minha avaliação é que mesmo em tempos muito difíceis, onde os pais de família vivem tensos e preocupados com o dia de amanhã há uma certa esperança eufórica e positiva com relação ao futuro da cidade.

Depois de sentir as consequências e reconhecer o grave erro cometido nas eleições passadas, o Valparaisense parece ter entendido os riscos existentes por trás de promessas faraônicas e "tiros no escuro".

É caindo que se aprende andar, esse é o sentido da evolução e é esse aprendizado que nos garante o acerto posterior.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon