• Carlos Guglielmeli

Ao contrário de melhorar, governo PTista de Lucimar se enrola ainda mais na questão da falta de segu


Com uma gestão completamente atrapalhada por sua incapacidade natural e a pressão popular que lhe cobra as promessas de campanha, Lucimar consegue a proeza de vetar um projeto do principal vereador de seu partido e de sua base.

O objeto desse veto no qual Lucimar/PT se nega a entregar para a sociedade aquilo que prometeu em campanha e um dos maiores desejos da população, é o projeto da Guarda Municipal.

Projeto do Vereador PTista, a Guarda Municipal foi aprovada na Câmara e vetada, negada pela prefeita que tinha prometido sua implantação. A chance do povo seria a derrubada do veto quando o mesmo voltasse para a Câmara, porém o projeto agora está parado por conta de um pedido de vistas do Vereador Elvis Santos.

Tenho plena consciência de que essa implantação é muito difícil devido o impacto financeiro dele nas contas públicas, porém é importante e foi anunciada em campanha como sendo viável devido as alianças da Prefeita, por isso é legítima a cobrança do povo que a exige.

Nossa cidade passa por um momento de absoluto “breu administrativo” onde tudo se encaminha as avessas. É uma anarquia provocada, também, pela falta de planejamento e pela atual ingerência dos desertores que passaram três anos e meio mamando no governo e agora tentam se livrar do fato de serem tão responsáveis quanto a prefeita pela destruição da cidade.

Em outubro precisamos eleger o prefeito e vereadores capazes de planejar e executar as ações necessárias para devolver a paz e o bem estar dos cidadãos valparaisenses. É importante ficar atento e dar preferência aos candidatos que apresentam propostas responsáveis, viáveis e que demonstrem capacidade de executá-las.

O futuro de Valparaíso de Goiás está nas mãos do povo, seu concerto é só uma questão de acertar na escolha, de acertar no voto.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon