• Carlos Guglielmeli

O que fazer para melhorar a segurança pública em Valparaíso?


Não há uma resposta única para essa pergunta, pois a situação da cidade é calamitosa.

O efetivo policial de Goiás, assim como o de todos os outros estados brasileiros, está muito abaixo do minimamente necessário, Goiânia por exemplo, tem hoje a metade dos policiais que tinha a 10 anos atrás.

A poucos dias vimos a notícia de que 38% do efetivo policial pediu exoneração nos últimos 4 anos, ou seja, ninguém quer mais ser policial. Baixos salários, falta de estrutura e um preconceito social ideológico são as principais causas.

Algumas soluções paliativas para superar essa falta de contingente foram barradas pela justiça, por isso e pelo caos onde chegamos, mesmo com a queda da arrecadação provocada pela crise nacional, o governo anunciou um concurso público para este ano, no qual pretende contratar 3.000 policiais.

Em uma conta “baseada no achismo”, considerando o tamanho de nossa região no estado, devemos ficar com 60, no máximo 100 desses policiais que serão contratados. Isso significa chegar até ao dobro do contingente que temos hoje.

Aumentar esse contingente policial é muito importante, mas não a única ação, existem outros campos de atuação que provocam um efeito mais lento, porém mais consistentes e duradouros como o investimento em educação, lazer, a ocupação de espaços pelo governo municipal, a manutenção das estruturas físicas da cidade como iluminação pública e limpeza urbana e etc.

Como uma empresa a prefeitura precisa planejar ações para enfrentar as contingencias com os recursos que tem. Neste caso a capacidade técnica, a criatividade e a disposição são imprescindíveis, caso contrário viveremos sempre como o hoje.

Parcerias para a ocupação de espaços feitas com a comunidade e com empresários, a organização dos estabelecimentos comerciais, a participação das entidades religiosas, ou seja, um envolvimento amplo da sociedade em torno de um conjunto de ações organizadas pode trazer um certo alívio até que tudo melhore de fato com a prevenção e ações ostensiva da polícia.

Hoje fazer segurança pública é o mesmo que enxugar gelo, mas nada vai melhorar se o “empurra empurra” e as desculpas não derem espaço para um enfrentamento corajoso e verdadeiro.

Se o que está dito aqui é uma formula milagrosa ou a descoberta das américas, não é, mas é uma maneira de mostrar que quando se pensa, planeja, tem vontade e disposição, alguma coisa será feita e produzirá algum efeito.

Ficar como está é o que não dá, mas respondendo a pergunta do título digo que enfrentar o problema e agir é a solução.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon