• Carlos Guglielmeli

Roberto Martins rasga sua biografia quando vai para o PT e Site PTista revela a intenção do partido


Roberto Martins vinha se mostrando um político de pouca sabedoria por não dar a si mesmo a sua verdadeira dimensão, pois se trata uma personalidade com dificuldades de chegar a vereador que se projeta um prefeito. Agora o Doutor comete o grande erro do “harakiri” político ao ingressar no desqualificado e rejeitado PT.

Quais podem ser os objetivos de um político sem mácula ao ingressar no PT de Valparaíso que está completamente manchado por sua incompetência, suas más práticas e que sabidamente é rejeitado por quase 90% dos munícipes?

O primeiro desses motivos é sem dúvidas o fato de que Roberto Martins sabe que seu capital eleitoral não passa dos 200 a 300 votos e que mesmo com os desgastes que tem, o PT pode sempre contar com seus clientes e “militontos” que invariavelmente votam nos candidatos desse partido mesmo que eles estuprassem suas próprias mães.

O segundo desses motivos é a doce ilusão do inocente Doutor, que deve achar ser possível ficar para si com parte desse capital eleitoral de “militontos” passadas as eleições. Ele deve achar que depois desse pleito parte dessa militância vá passar a lhe ser fiel esteja ele onde estiver. Ô coitado!

A conclusão é que Roberto Martins entrou no PT com 200 a 300 votos, se for candidato terá de 2 a 5 mil e quando sair do partido terá de 100 a 150 votos. Que jogada de mestre!

Com o PT definitivamente abatido os desesperados e já viciados em mamar nas tetas do governo se agarram em qualquer mínima esperança. Os portais financiados pelo governo e ou com seus proprietários ligados financeiramente ao mesmo saíram logo noticiando o fato dando-lhe uma dimensão que não tem.

O desespero do editor do portal O Guardião é tão grande que ele deixou escapar na última linha de seu primeiro parágrafo, onde noticiou a filiação do doutor no PT, que a estratégia eleitoral deles é o crime de utilizar a máquina pública em favor da sua campanha eleitoral.(Abaixo segue a imagem da publicação para que fique registrado as intenções do governo PTista).

O PT não está morto, pois sabe gastar bem seus recursos, que serão muitos, no derradeiro dia da eleição, porém a receita para neutralizar isso é só pedir reforço policial ao estado no dia da votação para que crimes sejam coibidos.


Carlos Guglielmeli

O nosso objetivo é comentar as notícias com uma pitada de avaliação pessoal. Aqui a primeira pessoa, tanto singular como do plural, não são proibidas nos textos.

Boa leitura!

Siga "PELO MUNDO"
  • Facebook Social Icon
  • Google+ Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Blogger Social Icon
  • Instagram Social Icon